O Turismo Rural Triplica a renda no Campo

Veja dicas de como montar um Empreendimento de Turismo Rural e Proposta de um Projeto Básico .

Por Trismo Rural-MT 06/09/2019 - 19:48 hs
Foto: Reprodução

Se você conseguir transformar a sua propriedade rural em um produto de Turismo Rural, proporcionando ao turista um ambiente agradável para se visitar  as chances de sucesso podem ser muito grandes de você  obter uma renda com agregação de valores de até 300% em suas atividades primárias no setor da agropecuária.

É  necessário entender que o  Turismo Rural é uma somatória de todas  os arranjos produtivos do mundo rural, interligando a somatória dos arranjos das atividades turísticas.

Neste caso o turismo se apropria dos fazeres e saberes do homem rural e da sua propriedade e transforma em produto.

Um produto em que o turista está disposto a consumir, o Turismo Rural então que inicia como uma onda, um modismo, passa a ganhar um Status de Segmento junto ao Ministério do Turismo e a sociedade.

No Turismo Rural a agregação de valor a produção inicia a partir da produção primária de alimentos de origem  vegetais e animais, artesanato e manifestações culturais  que quando transformados, produzidos e elaborados, vão direto ao consumidor final triplicando o valor do produto primário.

Essa matemática é clara quando a gente visita os empreendimentos, sem contar que agrega também um valor a mão de obra familiar e do entorno gerando novos postos de serviços e fixando o homem no campo.

No  Turismo Rural

A Galinha terá valor agregado
O Suino terá valor agregado
O Leite terá valor agregado
A banana terá valor agregado
A abóbora terá valor agregado
A cana terá valor agregado
As fibras, cerâmicas serão   artesanato
A cultura terá valor agregado
A religiosidade terá valor agregado
A natureza terá valor agregado
A familia e o entorno terá valor agregado
A comunidade local terá valor agregado

Todos serão envolvidos no produto com agregação de valor .


Dicas de como montar um Empreendimento de Turismo Rural


CONTEXTUALIZAÇÃO

O Turismo Rural ou turismo em um ambiente rural consiste basicamente em resgatar a tradição rural, apresentando coisas típicas do nosso cotidiano que estão sendo esquecidas aos poucos em várias regiões do Brasil.

 O Turismo Rural pode ser muito interessante para pessoas que buscam a prática de determinados esportes, quem quer conhecer um pouco mais da ruralidade regional ou local, gastronomia no meio rural, atividades recreativas e muito mais.

Se você conseguir transformar a sua propriedade em um ambiente propício para o Turismo Rural, as chances de sucesso podem ser muito grandes de ter uma renda com agregação de valores de até 300% em suas atividades agropecuárias.

É importante saber que o lugar onde você pretende atuar, poderá atingir resultados  significativos muito  rapidamente.

Vejamos  a seguir algumas dicas de como empreender em Turismo Rural, ganhar  dinheiro  iniciando de uma estaca zero.

Vamos lá então!  Geralmente para quem está pensando em investir em uma pousada rural parte se do pressuposto de que a pessoa já tem uma Propriedade Rural  (terreno próprio), ou de algum parceiro sócio no negócio.

 Caso ainda não tenha,  a Propriedade esse será  um gasto que o futuro empreendedor com certeza  terá inicialmente para implantar a sua pousada.

É necessário se realizar um estudo de viabilidade e de  mercado.

Este estudo  pode ser feito de um modo simples, por você mesmo, ou contratar um profissional ma área.

No estudo  você irá  observar que existem  pessoas gostam de frequentar a zona rural e desfrutar de um ambiente diferente do que estão acostumados, comer fora de casa, passar um final de semana ou um feriado prolongado em um ambiente rural e natural.
Neste caso então você já  começa a ter a necessidade  de  aprender como montar a sua  pousada rural!

Se você mora em uma região privilegiada com um bom Cenário Rural, boa estrutura de estradas, com uma grande população lical ou ee entorno,  onde existe uma boa procura por turistas, logo  as chances são que uma pousada rural consiga um excelente resultado.

 É interessante também você conhecer cases de sucesso, pessoas que  conseguiram transformar a sua propriedade rural em um ambiente rural simples em uma área de completo lazer, esta busca de conhecimentos pode se dar a níveis regional e estadual guardando as proporções do seu projeto

Mesmo  que a sua propriedade rural não tenha  grandes atrativos turísticos, saiba que dá para investir nesse negócio e conseguir um destaque incrível, pois com criatividade é possível se formatar atividade atrativas para os visitantes.

Veja bem que é de suma importância se realizar uma pesquisa da demanda turistica antes de montar a sua pousada rural

Uma dica importante para você montar a sua  pousada rural é que se preocupe o máximo possível com o que as pessoas realmente querem consumir enquanto turistas  em sua propriedade e na  região.
Então dedique uma boa parcela  devtemoo para pesquisa, inventário, diagnóstico, análise  e do  modelo ideal do seu  negócio antes de investir.

Analise se as pessoas tem costume de procurar zonas rurais para frequentar, veja se já existem pousadas rurais e como é o movimento nesse ambiente se já existir, procure conversar com as pessoas nas ruas e ver se elas gostariam de frequentar lugares desse tipo aos finais de semana, entre outras coisas.

Uma vez tendo as análises em mãos e  tudo isso num processo de planejamento,  vá anotando para que ao final você pissa  fazer uma analise completa e ter uma noção básica se o negócio vai funcionar ou não em sua propriedade.

O que oferecer em sua propriedade rural  para turistas?

Quem está  iniciando a sua atividade  no turismo rural, poderá sentir dificuldades em definir os tipos de atividades que poderá oferecer aos seus clientes  no local.

No entanto a verdade é que dá para se oferecer muitas  atividades agradáveis proporcionando a satisfação do cliente e também ajudar a  consolidar o seu negócio no mercado turístico

Dentre as atividades é possível oferecer caminhadas ecológicas, ecoturismo, escaladas, área de recreação ao ar livre, atividades equestres, pesca, atividades pedagógicas, banhos. Trilhas nas lavouras vivência nas atividades agrícolas e pecuárias, na agroindústria, turismo de experiência
, roda de prosa, roda cultural e muito mais.

O turista está interessado no tipo de gastronomia existente na sua região, uma comida tipica passa a ser um atrativo, por isso pense muito bem no que irá servir para o seu cliente. Tenha muita autenticidade no cardápio gastronômico.

Suas instalações físicas devem estar em sintonia com o meio rural natural, não invente muita coisa fora da realidade do cenário rural.

Uma autenticidade do rural são as atividades rural aliadas a presença da familia rural no campo, este fatoré preponferante na formatação do seu produto.

Imagem relacionada

Proposta de um Projeto Básico de Turismo Rural.

1. CONTEXTUALIZAÇÃO

Desenvolver o Turismo Rural no Estado de Mato Grosso, sobre a liderança da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico através da Secretaria Adjunta de Turismo, envolvendo a Secretaria Estadual da Agricultura Familiar, EMPAER e as demais Secretarias Finalisticas e a Sociedade civil organizada.
Proporcionar o fortalecimento da agricultura familiar, com a implantação das atividades turísticas integradas aos arranjos produtivos locais, agregando renda, gerando postos de trabalho especialmente no meio rural e a conseqüente melhoria das condições de vida das populações focando o desenvolvimento sustentável.
O Governo do Estado de Mato Grosso tem varias políticas públicas, que facilitam o desenvilvimento do Turismo Rural e que fazem partes parte dos eixos estruturantes com renda no campo, sustentabilidade, qualidade de vida e segurança alimentar, as mesmas estão relacionada com o turismo com os temas de inclusão social, territorialidade, pluriatividade, desenvolvimento local e regional, (Leis de Turismo Rural, Plano de Economia Solidária, Lei do SUSAF, Lei de Seguranca Alimentar, etc.)

2. Objetivo Geral :

Desenvolver e fortalecer o Turismo Rural sustentável , focando a transversalidade das cadeias produtivas da Agricultura e do Turismo, visando priorizar a Agricultura Familiar com responsabilidade econômica , ambiental e social .

3. Objetivos Específicos:

Elaborar os projetos de turismo rural , orientando as novas construçoes e instalações turiaticas.

Orientar como se fazer a adequação ou readequação de instalações existentes para o Turismo Rural.

Qualificar os atores quanto ao destino adequado dos resíduos , saneamento básico , formatação de produtos e serviços turísticos .

Fortalecer as ações de meio ambiente e turismo rural, tais como divulgação da legislação ambiental , adequação ambiental da propriedade , educação ambiental , recuperação e proteção de mata ciliar .

Gerar novos postos de trabalho e renda, com atividades agrícolas e não agrícolas.

Propiciar o acesso ao mercado e a comercialização.

Realizar a qualificação profissional Promover a economia solidária .

Usar na concepção do projeto, o Conceito de Turismo Rural, e as Diretrizes Tecnicas construido pelo então MDA na época e MTur, e lancada no ano de 2004,

4. Abrangência do Projeto :

Atuar em todo Estado de Mato Grosso dando prioridade para os municípios que estão contemplados no Mapa Turístico de Estado, que a tendem a Política de Regionalização do Turismo do Brasil e Estado.

Priorizar os Produtores Rurais com ênfase  aos Agriculturos Familiar do estado de Mato.

Realizar o projeto no Estado sobre a liderança da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico através da Secretaria Adjunta de Turismo, envolvendo as demais Secretarias Finalisticas e a Sociedade civil organizada.

5. Melhoria esperadas

Garantir a melhoria e condições de vida, gerando empregos e ampliando sua renda, conscientização ambiental na proteção dos recursos naturais nas propriedades rurais .

Utilizar das diversas metodologias no projeto de turismo rural.

Contribuir para sustentabilidade do meio rural, focando a diversificação de renda.

Atender as famílias rurais, principalmente fixando os jovens no campo.

Divulgar resultados do trabalho da Secretaria Adjunta de Turismo e da Empaer para a sociedade, público rural e urbano sobre a atividades do Turismo Rural no Estado de Mato Grosso.

6. Qualificação:

Realizar, fomentar e apoiar a capacitação e qualificação continuada dos atores envolvidos bem como dos empreendimentos.

7. Financiamento:

Abrir caminhos para as linhas de crédito facilitando o acesso e o aporte por parte dos investidores.

8. Eventos :

Realizar,  participar e apoiar os eventos catalisadores de turistas nos municipios, no estado e fora do estado

9. Promoção e Marketink.

Divulgar de forma interativa, nos programas de rádio, Imprensa Oficial do Estado (Rádio, TV e Jornais), sites, instagram, face, zap, Prefeituras e jornais locais e regionais, materiais promocionais, além de eventos.
Manter uma linha direta de comunicação e parceiras com as agências: De Turismo, Operadoras de Turismo, Transportadoras de Turismo, Meios de Hospedagens e Alimentação e Guias de Turismo.

10. Parcerias Estratégicas :

SEAF, EMPAER, SEC. CULTURA, IGRS, Prefeituras, Anda Brasil, Sebrae, Senar, Senac, Rede TRAF e outra entidades afins.

Elaboração:
Geraldo Donizeti Lúcio
Técnico em Agropecuária,
Economista,
Especialista em Turismo Rural,
Agente Técnico da EMPAER,
À  disposição da SEADTUR.