Faissal solicita celeridade da Sinfra-MT para conserto da balsa que liga a região do Araguaia ao Nortão

A Sinfra já está em fase de estudo para a realização da licitação

Por AL-MT 19/08/2019 - 11:08 hs
Foto: Ronaldo Mazza

A balsa Estradeiro I e o rebocador Estradeiro II, utilizados no transporte sobre o rio Xingu, no município de São José do Xingu (951 km de Cuiabá), foram a pauta da reunião, nesta quinta-feira (15), entre o deputado estadual Faissal Calil (PV) e o secretário de Agricultura de São José do Xingu, Lúdio Barros. O parlamentar solicitou, por meio de indicação, que a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) seja célere no levantamento das condições do modal para realização de uma licitação emergencial com o objetivo de consertar a balsa.

A embarcação é operada pelos índios Kayapó, mas pertence ao governo estadual e está localizada a 42 quilômetros do município São José do Xingu, na reserva indígena Capot Jarina, dentro do Parque Nacional do Xingu, no prolongamento da MT-322.  “É uma conquista para a população, já que as embarcações são o sustento dos índios e um meio importante para a economia do município”, explica Lúdio.

 As embarcações foram interditadas pela Marinha do Brasil no início deste mês por não se encontrarem em condições de tráfego, além de estarem sem os documentos e certificados necessários para operarem.