Donos de veículos em MT podem acessar agora a 'Carteira Digital'

A versão eletrônica do CRLV traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do CRLV físico.

Por Àgua Boa News 24/06/2019 - 15:28 hs
Foto: Reprodução

Proprietários de automóveis registrados no estado do Mato Grosso já podem obter a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). O Detran do estado aderiu, nesta quarta-feira (19), ao aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), idealizado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), que reúne em um dispositivo móvel os dois documentos de porte obrigatório para o condutor: o CRLV e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Atualmente, 14 estados já aderiram ao CRLV eletrônico: Amapá, Amazonas, Alagoas, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina e Sergipe, além do Distrito Federal. Ao todo, são aproximadamente 318 mil veículos com cadastro ativo no aplicativo. A tendência é que esse número aumente na medida em que os Detrans dos estados se vinculem à ferramenta digital. “Proprietários de aproximadamente 60 milhões de veículos terão a opção do documento eletrônico quando todos os estados estiverem integrados. Temos um grande potencial a explorar”, explica o diretor do Denatran, Jerry Dias. 

A versão eletrônica do CRLV traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica do CRLV físico. Ele pode ser acessado mesmo que o proprietário esteja sem acesso à internet, já que o aplicativo gera um arquivo PDF com uma assinatura digital, o que garante a autenticidade do documento. A emissão é feita inteiramente online e não é necessário comparecer a unidades do Detran para obter o documento digital. 

CARTEIRA DIGITAL DE TRÂNSITO – Em vigor desde julho de 2017, o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), que funciona como uma carteira virtual do condutor, emite tanto o CRLV quanto a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Mas, diferentemente do documento do carro, que ainda está contando com a adesão dos estados, a CNH já está disponível para todo o país. Atualmente, já são 2,57 milhões de carteiras de habilitação eletrônicas. 

Para a liberação da versão digital da CNH, é necessário que o documento tenha sido emitido a partir de 1º de maio de 2017. Isso porque o usuário, além de ter que preencher o cadastro, deve escanear o QR Code localizado no verso da CNH de papel. Por outro lado, para o documento CRLV Digital é necessário apenas informar o número do Registro Nacional de Veículo (Renavam) e o número de segurança do Certificado de Registro do Veículo (CRV). 

O aplicativo oficial, desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), é o Carteira Digital de Trânsito (CDT). Ele é disponibilizado gratuitamente para smartphones compatíveis com os sistemas Android e iOS (iPhones), localizados nas lojas virtuais Play Store e Apple Store, respectivamente.