Gleyce que foi baleada pelo ex-marido em Confresa vai a Palmas extrair bala alojada na cabeça.

O atentado aconteceu nesta última terça feira em Confresa, Gleyce foi alvejada com tiros pelo ex-marido

Por João Evilson 10/10/2018 - 08:46 hs
Foto: Reprodução/Rede Social

O atentado a Gleyce de Oliveira Lacerda, filha da cidade vizinha Santa Terezinha, aconteceu na manhã nesta última terça-feira na cidade de Confresa aonde ela residia ultimamente. O seu ex-marido Rolveblio, conhecido como “Japão”, que já tinha feito ameaças de morte a Gleyce no dia anterior, insatisfeito com o fim do relacionamento, tentou matá-la na manhã de terça e em seguida tentou suicídio, más foi encaminhado ao hospital regional com vida, aonde encontra-se internado.

Gleyce, segundo informações de amigos e familiares, estará indo hoje para a cidade de Palmas realizar uma cirurgia para retirada de uma bala que ficou alojada em sua cabeça. Seu estado de saúde é estável e ela está consciente, conversando normalmente. Além da extração da bala, deverá realizar mais outra cirurgia na boca.

A vítima já tinha realizado um boletim de ocorrência no dia anterior. Ela relatou que teve um relacionamento de dois anos com o suspeito. Disse que terminou o relacionamento há dois meses e que Rolveblio não aceitava o término.

A vítima afirmou que o ex começou a ameaçá-la de morte caso ela se envolvesse emocionalmente com outra pessoa. Na segunda-feira, Greise contou que estava em casa, no Bairro Setor Aeroporto, quando o ex invadiu a residência com uma arma revólver calibre 22.

Rolveblio ameaçou a vítima e o filho dela de morte. Conforme relato de Greise, Rolveblio colocou a arma nas costas dela e disse 'vou te matar'. O filho da vítima tentou segurar a arma e foi empurrado pelo suspeito. Naquele dia, o ex fugiu depois que os vizinhos chamaram a polícia.