Morre a professora Hilda Pires, pioneira da educação de Santa Terezinha

Morre a professora Hilda Pires, pioneira da educação de Santa Terezinha

Professora Hilda foi a primeira Diretora do primeiro Grupo Escolar de Santa Terezinha.

Por João Evilson 17/05/2018 - 20:00 hs
Foto: Redrodução

Faleceu na madrugada desta terça feira (15/05) em Confresa a Professora Hilda Pires, pioneira da educação de Santa Terezinha-MT. Seru corpo chegou à cidade no início da tarde e está sendo velado na Igreja Católica aonde será realizado uma Missa de Corpo presente às 19:30 hs.

[12:49, 15/5/2018] Messias Souza: “Hilda da silva Santos, de nascimento registrada Hilda Pires da Silva, natural de Cristalândia –TO, onde morou com seus pais e seus oito irmão até 1969. Filha de Elis Feitosa da Silva e de Deuzina Pires da Silva, a quem deve amor e veneração, por tê-los sempre tão presentes na sua criação, orientação e educação, vendo neles um exemplo vivo de lutas, coragem, moral e muito amor pela família.

Dedicou-se sempre aos estudos e a prática católica religiosa, estudando com as imãs Franciscanas, onde adquiriu experiência  para sua formação e vida profissional.

Veio para Santa Terezinha, como  diretora e professora, abraçando o 1º Grupo Escolar Municipal Santa Terezinha, como diretora e professora, abraçando tão logo, esta comunidade terezinhense, que a acolheu muito bem.

Sempre teve muito esforço, compromisso e empenho com o seu trabalho, acompanhando o povo humilde e tentando ser útil a eles, com amor e dedicação.

Casou em Santa Terezinha mesmo e teve duas filhas: Adeilda e Adenilda,

Mais tarde continuando os seus estudos em Barra do Garças, concluindo Magistério e depois a Faculdade de Pedagogia – Licenciatura Plena na    UFMT, mais tarde cursando Pós Graduação em Letras e Literatura Infantil, na UNEMAT de Luciara.

Sempre amou as boas coisas da vida, dentre elas: leitura, escrita, canto, natureza. Jamais pensou só em si! Partilhar foi e é o seu ponto alto! 

Era professora aposentada, lecionou em Santa  Terezinha desde 1970 abraçando com carinho a causa educacional, com zelo e paixão, tendo sempre no Rio Araguaia uma inspiração divina”. 

Professora, Escritora, Amiga, Conselheira, Sonhadora, sempre dedicada a fazer o bem para a nossa comunidade, sobretudo para aqueles que mais necessitam. Professora Hilda mesmo tendo cumprido com maestria sua missão de PROFESSAR, estava sempre preocupada com a educação de nosso município! Autora do livro Rio Araguaia Sua Historia: Poema para Ler, OUVIR, SONHAR, AMAR E LIBERTAR! Autora de uma proposta para o HINO DE SANTA TEREZINHA!            

Deixará bons exemplos, muito conhecimento compartilhado e muitas saudades para a família, amigos e toda comunidade de Santa Terezinha!

Dona Hilda era minha madrinha de "Fogueira", pois a considerava desde 1983 aonde ela me batizou em uma festa junina na Igreja do Morro de Areia, quando naquela época essa festa era muito tradicional e as pessoas eram batizadas ao redor da Fogueira de São João. Desde então sempre a chamava de madrinha e tinha muita consideração. Foi também minha professora na Escola Estadual Martiniano Carlos Pereira.

Deixou seu legado e seu exemplo de dedicação ao que unicamente pode levar um indívidou e uma sociedade ao crescimento como ser homao, que é a educação.

"Ama seu povo: povo do seu sangue, povo terezinhense, povo de suas aldeias!
Meu rio Araguaia sempre belo, vivo e cheio de vidas é o seu grande sonho, bem como ver os jovens e velhos, defendendo-o, zelando-o e amando como verdadeiros cidadãos honrados." (trecho do livro escrito por Hilda Pires, Rio Araguaia Sua História).
Hilda Pires
(FOTO: Reprodução Whatsapp)
Da Redação
FONTE: Livro Rio Araguaia Sua História, trecho tirado e compartilhado pelo Professor Messias)