Nova Xavantina tem o 39° melhor IDH do estado de MT; 3ª melhor da região

Dos 141 municípios mato-grossenses, 48 possuem alto índice de desenvolvimento e cinco estão com baixo índice de desenvolvimento.

Por João Evilson 05/04/2017 - 17:43 hs
Foto: Gilberto Freitas - NX1

O índice de desenvolvimento de Mato Grosso, de 0,725, é inferior ao do IDHM Brasil (0,727), levando em consideração que o IDH vai de 0 a 1. Isso mostra que o estado encontra-se na faixa de médio desenvolvimento nacional.

Dos 141 municípios mato-grossenses, 48 possuem alto índice de desenvolvimento e cinco estão com baixo índice de desenvolvimento. O índice é extraído de três áreas, sendo vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda).

O município de Nova Xavantina está entre os que aparecem com alto índice de desenvolvimento. O município está entre os 40 melhores IDHs do Estado. Ocupando a 39° colocação com índice de IDHM 0.704. O IDHM Renda atinge 0.713; Longevidade 0.800 e Educação 0.613. Em 1991, o índice geral era classificado baixo com 0.444, mas em 2000 subiu para médio com 0.587. O município fica atrás apenas de Barra do Garças e Água Boa.

Cidades como Querência, Canarana, Ribeirãozinho, Dom Aquino, Chapada dos Guimarães, Vila Rica, Araguaiana, Ponte Branca, Luciara, Porto Alegre do Norte, Ribeirão Cascalheira, São Felix do Araguaia, Confresa, Paranatinga, Bom Jesus do Araguaia, Cocalinho, São José do Xingu e Novo São Joaquim, são classificadas com índice médio.

O IDHM é obtido pela média geométrica dos três subíndices das dimensões que compõem o índice: longevidade, educação e renda. São utilizados dados do IBGE e demais estudos. As faixas vão de muito baixo a muito alto, dependendo das pontuações entre 0 e 1.

Por NX1.com.br