Parabéns, corinthians! Título do brasileirão é merecido para uma equipe que sempre soube superar os seus limites

Depois de um primeiro turno histórico, equipe comandada por Carille superou péssimo momento de boa parte do returno para ser heptacampeão

16/11/2017 - 10:29 hs
Foto: Reprodução/Internet

O Corinthians é heptacampeão brasileiro com justiça. Foi o melhor time do campeonato, fez história passando todo o primeiro turno invicto, soube superar seus limites e obstáculos nos momentos mais difíceis e se manteve na liderança desde a quinta rodada. Para coroar a temporada que começou com a conquista do Paulistão, o título nacional veio diante da Fiel, que, mais uma vez, fez uma belíssima festa, nesta quarta-feira (15), na a vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense.

Jogadores e comissão técnica, inclusive, devem se orgulhar do ótimo ano. Antes de brilharem com duas importantes conquistas, foi preciso superar uma série de desconfianças e questionamentos vindos dos rivais, da imprensa e da própria torcida corintiana. O time deixou de ser a quarta força do estado com o título paulista e fez história no primeiro turno do Brasileirão.

O Timão foi a primeira equipe a fechar a primeira metade da competição nacional de maneira invicta desde que a mesma passou a ser disputada por pontos corridos. Com 14 vitórias e cinco empates, o time alvinegro somou 47 pontos (82,5% de aproveitamento), superando o Palmeiras, no segundo turno de 2016, quando somou 44 pontos, e também Atlético-PR, em 2004, e São Paulo, em 2008, que ficaram 18 rodadas sem perder.

Jo Rodriguinho Corinthians Fluminense Brasileirao Serie A 15112017
(Foto: MIGUEL SCHINCHARIOL/AFP/Getty)

Nos dois primeiros terços do returno, o Corinthians caiu de produção, viu alguns de seus principais jogadores entrarem em má fase e chegou a sentir que o título poderia escapar. No entanto, foi nessa hora mais complicada, que o time novamente respondeu dentro de campo, conseguindo repetir seus melhores resultados. A primeira de uma série de quatro triunfos consecutivos foi justamente contra o Palmeiras, que chegou a depender apenas de si para tirar o título do rival, mas viu a diferença abrir de novo depois de mais uma vitória alvinegra no ano do centenário do Derby.

Um dos responsáveis por essa retomada da equipe e por todo o sucesso em 2017 é Fábio Carille. Para muitos, o novato treinador, que era auxiliar desde 2009, não suportaria a pressão. Estavam todos enganados. Não só suportou como também organizou o time, passou a ser respeitado e mostrou estar certo ao nunca desistir de ninguém do elenco.

Fabio Carille festa campeao Corinthians Fluminense Brasileirao Serie A 15112017
(Foto: MIGUEL SCHINCHARIOL/AFP/Getty)

Elenco esse que, assim como em 2011 e 2015, com Tite, adquiriu como principal virtude o coletivo. Jogadores convocados ao longo de 2017 para suas seleções, casos de Cássio, Fagner, Rodriguinho, Balbuena e Romero. Sem falar em Arana, revelação da lateral-esquerda, o meia Jadson, um dos protagonistas do hexa em 2015, e o artilheiro Jô, que esteve na última Copa do Mundo. No banco, jogadores como Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Walter, Pedrinho, Léo Santos, Clayson... Todos tiveram seus momentos de brilhantismo.

As últimas vitórias antes do título brasileiro ilustram bem o que foi a temporada para o Corinthians. Difícil e com vários obstáculos, mas com uma equipe dando conta do recado seja na técnica ou na superação. Isso tudo que fez e faz do Timão o justo campeão brasileiro de 2017.

Brasileirão Série A

PosLogo &EquipeJVEDSGPts
1 CorinthiansCorinthians 35 21 8 6 24 71
2 GrêmioGrêmio 35 18 7 10 21 61
3 PalmeirasPalmeiras 34 17 6 11 14 57
4 SantosSantos 34 15 11 8 10 56
5 CruzeiroCruzeiro 35 15 10 10 9 55
6 BotafogoBotafogo 34 14 9 11 6 51
7 FlamengoFlamengo 34 13 11 10 9 50
8 Vasco da GamaVasco da Gama 35 13 11 11 -7 50
9 Atlético MineiroAtlético Mineiro 35 12 11 12 -1 47
10 BahiaBahia 34 12 10 12 2 46
11 São PauloSão Paulo 35 12 9 14 -2 45
12 Atlético ParanaenseAtlético Paranaense 35 12 9 14 -2 45
13 ChapecoenseChapecoense 34 12 8 14 -5 44
14 FluminenseFluminense 35 10 13 12 -4 43
15 CoritibaCoritiba 34 10 10 14 -5 40
16 VitóriaVitória 34 10 9 15 -7 39
17 Ponte PretaPonte Preta 35 10 9 16 -11 39
18 SportSport 34 9 9 16 -11 36
19 AvaíAvaí 35 8 12 15 -21 36
20 Atlético GoianienseAtlético Goianiense 34 8 6 20 -19 30

Por Fernando H. Ahuvia / goal.com

Trocafone